Pesquisar este blog

Que tal ser atualizado pelo Twitter?

19 de jun de 2010

Just Cause 2 | Hardcore Gameplay + review


Imagine um GTA IV mais bonito e mais divertido. Pronto? Este é Just Cause 2! Com aviões e helicopeteros, totalmente equipados e armados, onde o objetivo principal é causar o maior caos possível!!

Just Cause 2, em tempo, é um dos jogos mais divertidos que já joguei, com infinitas possíbilidades, milhares de veículos disponíveis, upgrades nos equipamentos no Mercado Negro.

Mas o que torna o jogo ainda mais divertido mesmo são as habilidades unicas de Rico (personagem principal, apelidado no próprio jogo de "Scorpio"). Scorpio, além de ser um atleta de primeira e super inteligente, possui como 2 de seus equipamentos principais um Paraquedas infinito e uma corda-gancho multi-utilidades. Isso mesmo, um paraquedas infinito, que no começo você pode até estranhar: "De onde sai esse paraquedas infinito?" Eu também não sei, mas ninguem se importa já que a sua utilidade deixa o jogo grandiosamente mais divertido. Além da ajuda dessa corda-gancho, que mais parece com aquela batcorda do Batman, que também é infinita e que é grande pra caramba! E serve para varias coisas, como escalar em lugares altos, dar impulso ao paraquedas e planar por mais tempo, agarrar objetos, usar como corda para transportar objetos puxados por algum veículo, se agarrar em outros veículos em movimento, puxar inimigos.... enfim, onde sua criatividade permitir. Esses dois utensílios tornam de Rico, quase um super-heroi, tanto quanto o Batman, e o Rico é o meu novo heroi! 

O jogo poderia passar despercebido, se não fosse o magnifico gráfico de toda a Ilha de Panau. Diga-se de passagem, é GIGANTE! Num chute, diria que é 2x maior que o mapa de GTA: San Andreas. E não é de se estranhar porque Panau é uma ilha protegida pelos EUA. Além dos seus segredos (que não vou revelar spoilers), Panau é infinitamente bonita e paradisíaca. Num clima sub-trópical, no qual você pode estar num ambiente de ilhas paradisíacas como em ambientes gelados de muita nevasca. Desculpe repetir a palavra paraíso, mas é que por varias vezes pensei " Eu estou no paraíso?"

A Engine, ou o motor gráfico do jogo, é muito espetacular. Ele foi criado para dar vida ao jogo, de uma forma que quase TUDO é destrutível, já que o principal objetivo do jogo e causar o caos, e nada melhor para causar o caos como destruição e explosões! Imagine explodir uma antena ou guindaste de mais de 50 metros os dois. e vendo aquele belíssimo espetáculo, como Davi via Golias desmontando ao chão! 

Já falei demais! Vejam o vídeo e vocês terão sede de jogar esse jogo.



----------------------------------------
----------------------------------------------------


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sinta-se a vontade para comentar

Posts relacionados

Related Posts with Thumbnails

(+ Assinar email)

Digite seu email para ficar atualizado:

Delivered by FeedBurner